Destaque em Mandaguari.Destaque.Eventos em destaques da semana.Maringá em destaque.Paraná tudo que destaque.Tudo que destaque na Política.Tudo que Notícias do Mundo.Utilidade Pública.
Tendência

Romualdo Batista, de Mandaguari, será o próximo presidente da Amusep

O prefeito de Mandaguari, Romualdo Batista vai ser o próximo presidente da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense.

A indicação do nome dele para ocupar o cargo ocorreu nesta quinta-feira (21), pela manhã, durante reunião mensal da Amusep, realizada na sede da entidade, em Maringá.

“Foi uma decisão de consenso e uma escolha natural, porque o Batista, há duas gestões, ocupa a primeira Vice-Presidência”, destaca o atual mandatário, prefeito de Atalaia, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva.

Ulisses Maia, prefeito de Maringá, ressalta que as eleições em chapa única é uma tradição na Amusep, o que demonstra o grau de união entre os prefeitos.

“Nossa Associação é referência do movimento municipalista.

Pela força política, pelo pioneirismo em serviços oferecidos às prefeituras, e pelo bom relacionamento entre os gestores públicos”, acrescenta.

Para o sucessor de Fábio Vilhena na Presidência da entidade, o consenso entre os prefeitos para que o nome dele fosse indicado como candidato único reforça o clima de cooperação existente na Amusep.

“O presidente representa a Associação, mas todas as decisões são tomadas de forma colegiada”, afirma Batista.

Sobre os planos para 2020, ele adianta ter projetos nas áreas de Saúde; Educação; na manutenção e fortalecimento das câmaras técnicas e das parcerias existentes; e na sequência dos projetos desenvolvidos.

O passo seguinte, no entanto, é definir a composição da chapa. Trabalho para os próximos dias.

Eleição:

Durante a reunião ficou definido, também, que a eleição deverá ocorrer nos dias 11 ou 12 de dezembro, à tarde, durante assembleia geral ordinária de prefeitos a ser realizada na cidade de Atalaia.

A data depende da resposta do Palácio Iguaçu, pois a atual Diretoria deseja contar com a presença do governador do Paraná, Carlos Roberto Massa Júnior, o Ratinho Júnior.

“Vai ser o encerramento da nossa gestão e convidamos o governador para participar do encontro”, comenta Fábio Vilhena.

Regimento:

Outro ponto aprovado pelos prefeitos foi a alteração no Regimento Interno da Amusep.

A medida integra uma série de recomendações feitas às associações regionais do gênero, pelo Ministério Público, por meio do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria).

As adequações têm sido feitas desde a Gestão 2017, sob a Presidência do prefeito de Floraí, Fausto Eduardo Herradon.

Faltava incluir no Regimento o quadro de cargos, com as respectivas funções e necessidades, dos funcionários da entidade.

Consórcios:

No encontro desta quinta-feira, os prefeitos decidiram, ainda, extinguir os consórcios públicos intermunicipais para o Desenvolvimento Sustentável das regiões dos vales do Bandeirantes (Cindeb); do Paranapanema (Cindep); e do Ivaí (Cindiv).

As estruturas foram criadas, em 2013, para um fim específico, que, atualmente, perdeu razão de ser.

“Com a extinção, alteramos o protocolo de intenções do Consórcio de Gestão (Pró-Amusep), que passa a contemplar as funções das estruturas que deixam de existir e outras para possibilitar desenvolver o que pretendemos nos próximos anos”, declara o presidente do Pró-Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo.

Em relação ao Pró-Amusep, os prefeitos aprovaram a revisão nos valores per capta que cada município investe para a manutenção da estrutura e dos serviços prestados, principalmente, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“A medida se fez necessária para que as receitas façam frente às despesas”, frisa Rogério Bernardo.

Fonte:Com Assessoria de Imprensa da Amusep.

#JornalParanaNoticias


Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar